Sobrinha e tio, unidos pelo dinheiro e pela falta de vergonha

Caro urso pardo (polar ou branco), o negócio é o seguinte, tenho uma sobrinha, aliás, da minha esposa. Desde que bati o olho nela rolou um clima e ela sentindo isto começou a me pedir dinheiro emprestado e máximo que rolou foi ela bater uma para mim. E já faz anos que venho dando dinheiro por conta do meu desejo. E aí? José

Olá caro leitor José, demorei alguns minutos para compreender a extensão das sua pergunta, até agora ainda estou perplexo com tamanha falta de caráter das partes envolvidas por conta de dinheiro. Fico pensando que tipo de resposta o senhor espera que eu dê…

Será que pensa que sou tão depravado a ponto de encorajá-lo a perpetuar essa saga? Não é que eu seja puritano, com certeza estou muito longe de sê-lo, mas o senhor está exagerando na dose, chega a ser um dos piores casos que já publiquei.

Não é apenas o seu comportamento em cobiçar a sobrinha que me faz pensar, isso até que é comum, muitos homens têm desejos por pessoas da própria família, eu, por exemplo, se minha sobrinha fosse a Jessica Biel ou a Scarlett Johansson também teria pensamentos impróprios… Tudo bem, pensar é uma coisa e fazer é outra.

O que me assombra é a capacidade da sua sobrinha em alimentar esse desejo em troca de dinheiro, isso sim é que é complicado, se fosse apenas uma paixão que a garota sentisse pelo senhor, acharia inadequado, mas como a troca é financeira ao invés de emocional, esse comportamento recebe outro adjetivo: perverso.

Acho que você deveria procurar ajuda profissional, calma, não estou falando de psicólogos, mas sim de prostitutas, elas te cobrarão um valor e você poderá escolher qual forma de atendimento prefere. Isso mesmo! Com elas você terá escolha.

Não me venha agora com pudor em pagar uma garota de programa, sua sobrinha já é uma! Calma putaiada, não quis ofender a classe, eu sei, ela é muito pior.

Sei lá José, estou achando que você fez a pergunta para fazer propaganda das habilidades manuais da sua sobrinha, aliás, imagino que ela tenha mãos espetaculares, só assim para valer tanto dinheiro.

Se eu fosse uma das feministas de plantão falaria que você é que é o grande vilão da história, que, com certeza, o senhor deve ter emprestado dinheiro e depois foi cobrar a dívida com favores “quase” sexuais. A pobre moça seria então uma coitada, explorada por um membro da família sem pudor, um ser vil e inescrupuloso.

O senhor seria um meliante da pior categoria, mereceria mais do que ser preso, deveria ser apedrejado ou ter o instrumento cortado até que seu corpo secasse sem uma gota de sangue. Mas, isso se eu fosse uma dessas que eu mencionei acima, como não sou, o acho apenas mais um tolo que caiu no conto do vigário em forma de mulher.

Já li taras e fetiches de todo tipo depois que passei a escrever o Pergunte ao Urso, mas a sua bateu meu recorde, mais perverso que isso apenas se ela fosse sua filha.

Acho que isso não deve ter acontecido de uma hora para outra, provavelmente ela percebeu que o senhor é um tapado e quis levar uma vantagem. Aproveitadora de patos existem aos montes, coisa normal, não fosse o fato do parentesco.

Outra dúvida que me persegue é saber aonde isso tudo chegará, já escrevi, mas vale a pena relembrar, existem mulheres que deixam os ricos na miséria e os pobres sem vergonha. Para resolver seu problema basta você ficar pobre, assim não haverá mais essa “relação”. No money, no honey!

Eu acharia melhor que ambos tomassem vergonha na cara, o senhor parasse de ser tonto e ela de ser filha da puta, mas isso é traço da personalidade de cada um, acho complicado que aconteça.

Sendo assim, acho que você deve tomar uma decisão, pare com essa pouca putaria ou peça para ela botar preço na perereca, depois que ela informar, negocie as outras alternativas. Não precisa ficar com medo, ela já aceita dinheiro para masturbar o senhor, a quantia para fazer o resto não pode ficar tão longe. A grana, nos casos de prostituição, nada mais é do que uma compensação financeira pelo uso do corpo alheio sem o consentimento.

Conquistar a menina está fora de questão, ela é muito mau caráter! Se o dinheiro estiver sobrando, me avise, não que eu vá resolver seu problema sexual, mas posso terceirizar o serviço e faturar um em cima.

Até mais.

Ps. Ela aceita cartão ou é só em dinheiro? Brincadeira! Gostou? Dá um curtir ou compartilha no twitter!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários