Mulheres mais novas e homens mais velhos: pode dar certo?

Olá Urso, gostaria de lhe perguntar, o que você acha dessas menininhas de 20 anos que ficam com caras que tem o dobro ou mais que a sua idade? Será que existe amor nisso? Florisbela

Olá Florisbela, senti uma pontinha de inveja na pergunta, acho que deve ter sido o termo “menininhas”… Mas isso não vem ao caso, sua pergunta é interessante mesmo assim, com ou sem inveja. Mulheres mais novas e homens mais velhos é combinação comum no cotidiano. Seria você uma ex-mulher trocada por uma mocinha cheirando a leite e chorando o mesmo derramado? Tanto faz, fiz a pergunta para causar desconforto mesmo!

O que eu acho é apenas um ponto de vista, já falo isso porque tem muito leitor pentelho que insiste em contestar minha opinião, esquecendo-se de da subjetividade de toda questão que publico aqui. O Pergunte ao Urso não é a Bíblia, o Alcorão ou a Constituição Federal, misturei nesta frase política e religião de propósito mesmo, não me segue porque não sou novela!

Bom, alerta dado, vamos aos fatos, na sua pergunta você me colocou uma situação hipotética envolvendo um relacionamento entre uma gazela de 20 aninhos e um bode velho de, no mínimo, 40. Se for essa métrica, não vejo de forma negativa a situação, talvez visse se eu fosse o pai da moça! Complicado é se ela tiver 15 e ele 30!

Pimenta nos olhos dos outros é refresco! É sempre assim, enquanto não acontece conosco, tudo pode, ô povo hipócrita, eu também sou um pouquinho, mas a diferença é que tenho consciência disso e advogo em causa própria, pois sou o bode velho do amanhã.

Idade, maturidade e amor

O que acho dessas “menininhas”? É difícil generalizar, quanto mais eu vivo mais normal considero os extremos da sociedade.

Acho difícil que exista amor nessa relação hipotética, mas não tem a ver com a diferença etária e sim com a pouca idade da moça. No geral, não creio que alguém com vinte anos ou acerca disso tenha completa noção do que significa o amor, digo isso levando em consideração aquilo que considero o amor, não o enlatado básico, mas a versão completa com doses cavalares de doação e aceitação.

Pensando em uma mulher nessa faixa etária, porém dotada de maturidade suficiente para levar um relacionamento, não vejo problemas com ela, acredito realmente que ela possa amar alguém com essa “bagagem”, afinal, somos divididos em vivos e mortos o resto é atitude e consciência, não tem essa de velho e novo. Desejo mesmo é boa sorte para o sujeito, ele vai precisar…

Homens mais velhos estão prontos para uma mulher mais nova?

Não serei leviano em afirmar que o relacionamento será um mar de rosas, mas, independentemente da idade, qual é?

No caso da mulher ser um bom tanto mais nova que o homem, creio que haverá muito ciúme e desconfiança por parte dele, por mais que a moça se esforce em transmitir segurança. Não vejo por aí tantos homens seguros de si a ponto de mudar minha opinião, vejo muito mais neuróticos, narcisistas e frágeis.

Esses relacionamentos costumam enfrentar problemas com os familiares de ambos os lados, o pai e a mãe da moça não acreditam na escolha da filha. Já os entes do “sortudo” discriminam e têm 100% de certeza de que a donzela é uma aproveitadora e está de olho na coleção de tampinhas de baré-cola do “inocente” em questão.

É, caros leitores, o cidadão de mais de quarenta anos, segundo sua família, põe a perder toda sua fortuna conquistada com suor e lágrimas para uma sirigaita aproveitadora com metade de sua idade e um terço de sua experiência. Façam-me o favor, não pensem vocês que o cara é um gaiato! O sujeito não nasce aos quarenta, a cada ano que passa ficamos mais velhos e não mais burros!

É óbvio que ele sabe muito bem onde está se metendo e quais riscos está correndo, porém considera que vale a pena jogar. Agora é a hora do leitor “mala-sem-alça” falar: “Urso, o conhecido da prima da minha vizinha Emengarda perdeu tudo com um rabo de saia com metade da sua idade!”.

Muito bem, isso pode mesmo acontecer, mas se chegou a este ponto não posso crer que o desastre na vida do cara ocorreu somente porque estava com uma moça mais nova, a mulher quando não presta deixa o rico na miséria e o pobre sem vergonha mesmo! A diferença de idade foi apenas um detalhe, talvez se a mulher fosse um pouco mais velha teria levado tudo e ainda ter lhe botado um belo par de chifres de recordação.

Até mais!

Ps. Gostou do texto, ajude o blog! Aperte o botão aí do “curtir”, compartilhe no Twitter ou no Google Plus!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários