A masculinidade por um fio terra. Prazer, preconceito e tabu

A masculinidade por um fio terra. Prazer, preconceito e tabu

Urso, sempre tive o maior desejo e tesão de ver meu noivo sentir prazer comigo deixando eu colocar o dedo no ânus dele. Já cheguei perto (com a boca e língua) e percebi que ele gosta e muuuuuuuuuuuuuito, mas nunca tive coragem de partir pra “cima” ou pra dentro. Fico constrangida em falar isso com ele na hora e receber um fora. Ele é muito machista, fora de cogitação, se eu falar que quero colocar o dedo (fio-terra) lá então, sei lá o que vai acontecer. Preciso saber como posso fazer isso sem ofendê-lo e deixá-lo constrangido? Camila

Cara Camila, resolvi dar um tempo para rir um pouco da desgraça alheia e sua pergunta caiu como uma luva. Como assim “desgraça alheia”? No final da resposta você entenderá.

Poderia começar usando daquele chavão “de onde eu venho isso tem outro nome”, mas não acho apropriado, afinal, sempre que falam isso dão a entender que o assunto tratado é coisa de boiola.

Reduzir a homossexualidade apenas a um cu é uma ignorância sem tamanho, parece até que não existe alguém em volta daquele rabo, ou seja, o homossexual apenas dá a bunda, ele não trabalha, não estuda, não ama, não cresce, não ajuda ninguém, não vive, apenas queima a rosca! Só isso.

Escrevendo essa resposta é que me dei conta de como já fui preconceituoso em relação aos homossexuais, não é por maldade, é por falta de parar para pensar mesmo. Nós, homens heterossexuais, sempre falamos de forma pejorativa, mas isso tem que acabar.

Achei importante separar as coisas antes de te explicar porque sei que, neste momento, milhares de leitores estão pensando que você está arriscando a masculinidade do seu noivo ao querer enfiar o dedo nele. Agora é o cu que faz um cara ser mais ou menos homem? De onde eu venho ainda é o caráter.

Alguns consideram que o homossexualismo, o desejo por outro do mesmo gênero, é genético, outros pensam ser opção e ainda têm aqueles que acham que é coisa do capeta e safadeza mesmo. Confesso que não tenho conhecimento suficiente para entender o que faz um homem achar outro homem bonito, eu, por exemplo, nem me olho no espelho direito, me acho feio e desinteressante.

Levar uma dedada no rabo não é sinônimo de viadagem, nem sei se a galera da banda de lá gosta disso, vai ver eles preferem algo mais substancial e o dedo nem dê tanto barato assim.

Da mesma forma que as mulheres têm certos preconceitos quando do início de sua vida sexual, como tomar leite paterno e praticar sexo anal, os homens também têm, o fio-terra é um deles.

Se essa pergunta me fosse feita em minha adolescência eu responderia imediatamente: coisa de boitola! Hoje, já com alguma experiência e muito mais maturidade, entendo que existem muitas nuances dentro de uma relação sexual e a estimulação na próstata não é fator determinante para a masculinidade de alguém.

Você já começou bem, fazendo uso da boca e da língua, que para quem não sabe, é o famoso beijo grego… Nem adianta perguntar, não faço a menor idéia do porque tem esse nome. É nojento? Se não for bem higienizado, tenho certeza que sim. Eu, se fosse mulher, não teria coragem… Homens têm pêlos na bunda, o que não faz da região uma das TOP 10 em acesso, tirem suas conclusões…

Não bastará apenas isso para estimular o rapaz, afinal, são anos de preconceito. Da mesma forma que algumas moças não deixam gozar na boca porque têm medo que sejam encaradas como vadias, alguns homens, uns 98% mais ou menos, têm medo de terem sua condição de macho prejudicada.

Não vou colocar aqui aquelas imagens que fatiam a pessoa para poder demonstrar onde e o que é a próstata, não gosto delas. Por sinal, um dia eu vi uma foto de um exame interno ginecológico, pude constatar que a humanidade só existe porque pinto não enxerga, se enxergasse não iria querer entrar lá por nada nesse mundo, ô lugar feio!

Acho que você deve convencê-lo no xaveco mesmo, já escrevi isso em outro post, com cuspe e com jeito se come o sujeito! Você é uma mulher, saber convencer um homem a fazer algo já vem de fábrica! Vá conversando com calma, negocie e, muito importante, mostre que você não é preconceituosa nessa questão.

Tem muita mulher por aí enfiando dedo nos caras para depois ficar condenando a prática. Acho até que isso é traço característico das machistas. Querem “testar” o cidadão.

Se você não convencê-lo de que não há problema algum com a prática, que só quer dar mais prazer a ele, sem julgá-lo e ainda está disposta a sujar as mãos (argh!) em nome do amor, dificilmente ele terá qualquer tipo de prazer. É psicológico!

Crie um clima para o acontecimento, não precisa ser romântica, precisa ter clima de sexo, sacanagem mesmo. Não o coloque em posições como de bruços, de lado ou de quatro, isso não é um exame de próstata e você não é a médica dele. Recomendo que faça isso enquanto faz um belo sexo oral no cidadão, até porque, se ele não gostar, não poderá fazer movimentos bruscos…

Parece até que estou ensinando um cara a convencer a namorada a dar o toba, mas da forma invertida…

Eu tomei uma dedada e não gostei, talvez tenha sido pela minha criação ou sei lá, não curti, mas conheço uma galera que gostou da experiência. Dentre o povo acima de quarenta anos, isso é quase unanimidade. É claro que os meliantes também não declaram abertamente o voto pelo dedo no rabo, mas as mulheres entregam o jogo…

Beijoka do Urso, no dos outros, é refresco!

Conheça o novo blog do autor do Pergunte ao Urso

O Pergunte ao Urso não está mais sendo atualizado, mas seu autor começou outro blog que mistura crônicas com músicas brasileiras (MPB e Bossa Nova). O projeto leva o nome de "Naquela Mesa". Clique e conheça!

Comentários

comentários



Leia também


Dicas de sexo oral para as mulheres: o que os homens gostam
Rapaz cheio de felicidadeComo fazer sexo oral em homem? O boquete é uma arte que envolve técnicas e boa vontade. Dicas de outro ponto de vista para mulheres, com direito a vídeo no final Leia mais

Casamento por um fio… terra! Marido deixa esposa de lado para curtir momentos com brinquedo!
homem com cara de assustadoMarido usa vibrador para prazer individual e não satisfaz mais a mulher, será que ele é? Leia mais

Beijo grego. Carícia ousada, prazer e pudor
Casal andando com a mão da moça no bolso traseiro da calça do rapazO beijo grego costuma ser uma carícia que costuma dar muito prazer. Convença ele a deixar o pudor e o preconceito de lado para experimentar Leia mais

Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )

Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários