Dicas, vantagens e desvantagens de uma relação a três

Espero ter deixado claro a diferença entre persona social e sexual na primeira parte da resposta sobre relacionamento a três, bem como, a questão sobre a poligâmia ser um conceito regional e temporal, na segunda parte. Agora, termino a resposta com diversas ponderações e dicas sobre o tema.

Um relacionamento a três, assim como os convencionais, tem diversas vantagens e desvantagens. É preciso fazer algumas análises para não entrar em uma grande fria.

Para entrar numa relação assim é preciso que o casal esteja bem consciente e seguro do que tem. Não acho legal entrar em algo assim para tentar salvar relações que estão no fim, se não está dando certo com dois, terá uma chance menor de dar com três!

A composição do casal pode definir se é sexo ou relacionamento

Para um casal onde nenhum dos dois se defina como bissexual, acho que o melhor é apenas se aventurar. Pois a relação não ficará legal se perdurar mais do que dois encontros, começará uma competição por quem pode ter mais atenção e, dado o desequilíbrio, tenderá a se desfazer.

Eventualmente, colocar um terceiro no sexo, tira o casal da rotina, evita traições por compulsão e fortalece os laços de confiança.

Já uma relação estável, na maioria dos casos, só será possível se pelo menos uma das partes tiver uma condição bissexual reconhecida. Não é um sistema onde um homem divide-se entre duas mulheres ou uma mulher divide-se entre dois homens, teria que ser algo onde as três partes estabelecem relações.

Portanto, primeiro defina o que você quer, uma relação ocasional ou um relacionamento estável.

“Quero um relacionamento a três ocasional, só sexo!”

Se optar pelo primeiro, contrate uma ou um profissional, vale mais a pena do que envolver mais pessoas e arriscar se arrepender depois. Importante: opte por garotas ou garotos de programa que atendem casais.

Ao procurar por uma garota, escolham juntos, mas a mulher é quem deve fazer a ligação para sentir da outra se há afinidade ou distanciamento. Use a lógica inversa se a situação demandar. Ninguém quer uma noite de sexo com alguém que tem nojo de algo.

Casas de swing também podem ser uma solução prática e não costumam levar a problemas conjugais desde que todos os limites sejam combinados antes. Uma das partes pode ter tesão em ver a outra tendo prazer com um terceiro, mas isso não quer dizer que todos são iguais.

Também há sites que estimulam esses encontros, procure no Google, não vou ficar listando eles aqui.

Amigas e amigos podem ser colocados na situação contanto que você esteja disposta a lidar com o ciúme que pode se instaurar.

“Quero uma relação a três estável, como um casamento mesmo!”

Desejando um relacionamento estável é melhor definir a terceira parte com seu parceiro primeiro e partir juntos na procura. Tenha coragem e defina-se bissexual para todos, fica mais fácil de encontrar outra garota que tope.

O casal não deve se importar se o interesse for, em um primeiro momento, apenas em uma das partes, isso é normal. Dificilmente se gosta de duas pessoas que acaba de conhecer ao mesmo tempo.

Estabeleçam uma hierarquia, isso é fundamental. Diante de conflitos é essencial que as partes saibam seus lugares na relação, o que não quer dizer submissão, mas sim formar um processo de respeito pelo que veio primeiro.

Sobre o sexo, nem sempre todos estarão com vontade de fazer algo, bem como, pode ser que, invariavelmente, por mais que todos se gostem, duas partes queiram mais privacidade. Isso não é um problema, encare de forma natural desde que não seja mais frequente do que com todos os envolvidos.

Como o modelo escolhido não se trata apenas de sexo, um ponto importante que deve ser discutido é a participação nas tarefas e despesas do lar. Recomendo fazer proporcional ao tempo disponível no caso das tarefas, e proporcional ao salário recebido no caso das despesas.

Também seja clara com você sobre sua condição, não vejo problemas em realizar qualquer coisa desde que não seja ofensivo a sua essência. Defina seus limites e expectativas e converse a respeito com os envolvidos.

Acho que é isso. Até mais!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários