Existe ex-biscate? Leitora quer segunda chance após enfeitar a testa do pretendido. Isso pode dar certo?

Existe ex-biscate? Leitora quer segunda chance após enfeitar a testa do pretendido. Isso pode dar certo?

Caro Urso, tenho 17 anos e a cerca de 1 ano e meio venho me encontrando com um rapaz de 22. No início, saí 3 vezes com um de seus amigos próximos, que me chantageou dizendo que caso não saísse com ele iria me “queimar” com o rapaz do qual eu realmente gostava, o que mais me arrependo de ter feito em toda a minha vida e foi o fato que me fez mudar. Eu costumava sair e curtir em festas e sair com vários, o que mudou após isso, que me tornou adepta aos valores femininos.
Mesmo após o acontecido, eu e o rapaz continuamos a nos ver, nesse 1 ano e meio tivemos cerca de 10 encontros, o que não me satisfaz pois me sinto extremamente desvalorizada por uma pessoa de grande importância e valor para mim. Urso, o que eu poderia fazer para mudar o aspecto dessa situação, mostrar que mudei e que sou digna de seu afeto e respeito? Muito obrigado pela atenção, Paula.

Olá Paula, situação complicada, muito similar aos criminosos que passaram um tempo em cana e agora precisam de um emprego para se reabilitar. Espero que você não tenha tido que trocar pacotes de cigarros com as outras detentas… Ex-biscate tem direito a segunda chance?

Ver alguém tão ingênuo a ponto de aceitar chantagem faz meu lado negro se contorcer, dá vontade de falar que só respondo a pergunta se você sair pelada na rua ou então admitir publicamente que comia cocô quando criança!

Fico pensando em como o mundo é grande e quanta gente faz besteira por ser tonta mesmo, não é de maldade, mas faz. Tenho conhecidos assim, já deixei até escrito que se eu sofrer algum acidente e ficar vegetando, sei quem deve cuidar de mim no hospital… Não vou citar o nome do cara para não deixá-lo envergonhado, mas sei que ninguém, além dele, poderia desligar os aparelhos acidentalmente!

Não é que você tenha cometido um crime, pelo menos na nossa sociedade, não é considerado como se fosse um. Mas, com certeza você meteu o pé pelas mãos e fez merda. Normal e previsível para alguém da sua idade, muitas continuam fazendo isso mesmo após entrar na casa dos trinta, não lhe culparei, até porque, você mesma já o fez.

Eu considero muito a intenção, não que sirva para absolvição de algo, mas com certeza é um elemento que faz a balança pesar para um dos lados.

Vou responder curtinha, até porque não tem muito que falar… Você foi na conversinha bonita de que a mulher pode tudo que o homem pode (como se o que fizéssemos fosse aceito), caiu do cavalo e viu que a percepção do seu objeto de desejo não é das melhores, na verdade, ele te acha “catável” ou “comível”, mas “confiável” é uma palavra muito forte que já não pode mais ser aplicada.

“Mas, urso, eu me regenerei!” – provavelmente é o que eu ouviria de você… Eu sei disso, você sabe disso e até o meliante Cornélio também sabe disso, porém você deveria saber como a banda toca.

Não interessa se sua traição foi por amor, ódio ou apenas porque o céu estava azul, chifre é chifre em todo lugar! O seu pretendido ainda foi agraciado por um fogo amigo… Baixo nível isso.

Acho que por mais chantageada que você fosse, isso não deveria ter acontecido. Não importa o mal que lhe fosse oferecido, você foi longe demais, mesmo que alguém revelasse que você comia meleca do nariz, que se borrou toda no colégio ou pior ainda, que já foi fã dos Menudos! Putz… Isso não é da sua época… Procura no Google!

Tem hora que penso “bem feito para o cara”… Agora ele aprende a escolher melhor suas amizades, na verdade, amigos são irmãos que podemos escolher. Pelo visto, ele escolheu Caim. Por favor, não me faça explicar a analogia… Procure informações sobre Abel e Caim na internet. Já adianto que não é nome de dupla sertaneja! Se bem que poderia ser…

Eu não posso falar pelo cara, mas, em minha opinião, não vale a pena tentar mudar o jogo, é inevitável. Comece uma relação do zero, você tem a vantagem que os criminosos não têm, a ausência da ficha corrida.

O que está feito, está feito. Eu faço parte de uma ridícula minoria que não pensa “se ela já fez uma vez, fará novamente” ou “se botou chifre no cara, também levarei um”. Não que eu não possa levar um par de cornos, todos estão sujeitos a isso, mas acredito que, se levar, quem sairá perdendo não será eu… No máximo, ficarei uns dias chateado, mas não passo uma noite sequer no sereno! Tem mercado quem tem qualidade, com chifre ou sem!

Como sou considerado ponto fora da curva, não acredito que seu pretendido terá essa visão, boto mais fé que ele continuará te colocando no patamar de “foda fácil”, aquela que ele come quando não há nada mais interessante para fazer, como por exemplo, assistir uma partida de futebol entre Birigui e XV de Guarapaúba!

Beijoka do Urso

Comentários

comentários



Leia também


Mulher-ioiô? Dessa vez a leitora fanfarrona se deu mal!
ioiô pretoA um ano ela não quis um namoro sério com um ex-namorado, se reencontraram e ela quer voltar... ele pega mas não assumir relação séria. Leia mais

“Quando ela bebe me chama de corno, devo me preocupar?”
homem chifrudo bebendo em um barEla bebe, joga na cara que é corno e ele fica pensando se deve se preocupar...ditado diz que quando a bebida entra a verdade sai.. Leia mais

“Minha mulher recebeu 14 presentes do chefe em 2 meses, será que sou corno?”
corno_430Com toda sinceridade, recomendo não ler essa resposta. As evidências sobre a traição com o chefe no relacionamento me fizeram pegar pesado Leia mais

Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários