Marido de leitora se diverte sozinho e deixa mulher na mão

Prezado Urso.Sou casada há 12 anos, mas desde o início do meu casamento meu marido é aficionado por filmes pornôs. Deixa inclusive de praticar o ato “in loco” para ficar no cinco contra um, ele se masturba sem eu ver! Já tentei conversar por diversas vezes. Ele fala que isso é normal. “Coisa de homem”. Hoje estamos na fase em que eu não posso nem tocar no assunto que ele se irrita. Em dez meses só transamos umas 4 vezes, ele não está comparecendo e quando “compareceu” foi uma “rapidinha” para aliviar a tensão dele, pois em mim nem fez cócegas.  Gostaria de esclarecer que eu sinto desejo, mas fico receosa de procurá-lo, as vezes que tentei sem a vontade dele acabei ficando decepcionada, pois ele me rejeitou (tipo começou o ato e não completou, virou de lado). Eu não tenho pudores na cama não, se é o que você está pensando. Ele já teve 2 casos, eu não tive nenhum, mas as vezes me sinto compelida a começar alguma coisa. Qual a sua opinião? Sozinha

Cara leitora “Sozinha, por enquanto…”, não sei porque mas já sinto o cheiro de chifre queimado… novamente o assunto “relacionamento” volta ao P.a.U. e dessa vez com um caso clássico, casada carente procura… E não encontra! Vamos por partes para facilitar o entendimento, ok? Primeiro o prazer “solitário”, depois o potencial de virar touro!

Vamos começar desmistificando o mito da masturbação juvenil, muito se fala por aí, mas pouco se admite, homens adultos também são adeptos a descabelar o palhaço sozinhos mesmo. Esse negócio de que só a garotada apela para o imaginário, munida de filmes e revistas educativas ou não, é balela, prosopopéia flácida para acalentar bovinos, ou popularmente falando, conversa mole para boi dormir!

Por que os homens se masturbam? Calma lá, estou falando do rapaz fazer isso sozinho, não coloquem interpretações dúbias na minha questão! A resposta é simples, porque nossos braços são compridos e é muito divertido!

O que vou falar pode ser uma surpresa para muitas mulheres, mas quer saber, vou botar querosene na fogueira mesmo… Homens casados também são adeptos a prática! Podem até mentir, se vangloriar que não fazem mais isso desde adolescência, que sempre tem alguém disposto a lhes dar uma “mãozinha” e outras abobrinhas, mas a realidade é, nesse caso, dura – agora sim, com trocadilho!

Antes das leitoras casadas ligarem para seus analistas, para tratar o trauma que minha revelação causou, peço que tenham calma. Calma! Respirem fundo! Isso não quer dizer que o amor acabou ou que a paixão esfriou! A masturbação nada mais é do que uma velha companheira dos meninos, até Woody Allen declarou que “minha melhor amante foi a minha mão”, tudo bem que ele não é um dos meus melhores exemplos, mas na falta de um, vai ele mesmo.

Quero crer que o casamento de vocês não foi fruto de um acordo entre as famílias, nem baseado em tratados comerciais, portanto, presumo que ele casou por gostar de você, ok? A menos que você tenha se tornado muito “escrota” nesses últimos anos, o problema é mais sério do que você imagina. Surpreende-me você ainda nutrir desejo pelo “homem que só trabalha com as mãos”. Existe um ditado italiano fascista que dizia “um homem que não trabalha com suas mãos é um parasita!”, mas creio que não era essa temática que alguém tinha em mente quando fez o ditado…

Como já falei abertamente, em várias situações nesse blog, sou contra a traição, mas não condeno a prática, pois acho que em certos casos, todo mundo tem seu preço. Vou deixar claro que só recebi um lado da questão e por isso minha recomendação pode não atender 100% da plenitude.

Analisando o fato de que, em diversos meses, vocês tiveram poucas relações e ainda por cima, de qualidade duvidosa, juntando isso ao fato do rapaz fugir da luta, contrariando nosso hino nacional (por favor, procurem o hino!), somando sua declaração de não ter pudores na cama e o fato do meliante ter lhe traído e deixado você saber, o resultado é óbvio: o seu marido é um forte candidato ao boi do ano!

[youtube]xiLB1kQeGik[/youtube]

Veja bem, pode até ser que o cidadão melhore depois de carregar um par de chifres, mas devo alertá-la que ele pode se tornar um boi brabo, irascível e violento, podendo até mesmo montar uma dupla sertaneja com o outro e sair cantarolando músicas de corno. Pensando bem, pode até ser que isso sirva para uma receita extra em casa…

Essa é a minha opinião! Em situações normais mandaria apedrejar você, mas seguindo o princípio fundamental masculino “cachorro que rejeita osso, pau nele”, não tenho alternativa!

Beijo grande do Urso!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários