É melhor emprestar, dar no primeiro encontro queima o filme!

Olá Urso, minha pergunta é: Dar no primeiro encontro, “queima o filme?”. É verdade que os homens não levam a sério a mulher que Sucumbe no primeiro encontro ou é lenda essa história de que “se der no primeiro encontro, o cara vai perder o encanto”? Sandra H.

Sandrinha e demais mulheres, essa história de dar no primeiro encontro “queima o filme” é balela, hoje em dia o homem está muito mais maduro e compreensível, sabedor das necessidades sexuais femininas e com isso seu nível de preconceito praticamente zerou! Agora os homens já não julgam as mulheres por esse liberalismo sexual do qual sempre foram gozadores, em todos os sentidos.

Eu acho que o post já está bom… As leitoras já se deram por satisfeitas e podem parar de ler por aqui!

Aos demais insatisfeitos, vou escrever a verdade nua e crua, para 80% dos homens: dar no primeiro encontro, para alguém que acaba de conhecer, tosta, queima, derrete, frita e cozinha o filme!!! Quer saber o resto?

Quem leu o primeiro parágrafo com atenção pode perceber que o homem que retratei nunca foi visto em lugar algum, pode mandar expedições para os mais distantes cantos da terra que de nada adiantará. Na “minha” verdade, o homem que diz que não queima o filme dar levianamente apenas está querendo comprar uma panela de pressão “só para ver seu eu cozinho mais depressa”, pegou a idéia?

Simplificando, o cara quer te mandar logo para dentro, afinal “mulher é que nem macarrão, devemos comer enquanto quente”. Se isso vai dar namoro ou casamento vê-se depois, mas fica a mácula no currículo e isso sempre vai pesar. Na minha época estudantil, tinha uma ursa que não dava para ninguém e nem por isso a galera respeitava ela… Dar, ela não dava, mas emprestava a boca para todos os ursos, Maribela Boca de Caçapa, ah como eu me lembro dela!!!

A mulher tem passado por muitas transformações, depois de liberar geral, parte da mulherada viu que pagou um preço alto por esse “benefício” e estão até ficando mais machistas. Pois é, tudo tem preço!

Para você que liberou no primeiro encontro, não se desespere, o seu querido pode não se importar com isso. Tudo é uma questão de foco, se você quer um namorado conservador convém segurar a periquita.

Artistas plásticos, atores, pintores, arquitetos, músicos, ecologistas, errantes (vagabundos) e os que não comem ninguém há tempos, fazem parte do grupo que não se importa com essa atitude, preferem passar o tempo interpretando as músicas do Oswaldo Montenegro ou os textos do Gerald Thomas do que a discutir preconceitos de uma sociedade manipuladora, machista, arcaica e desprovida de ácidos e afins.

Quero aproveitar para dizer que não sou eu quem escreve as regras do mundo… Veja opinião de mais pessoas, clicando aqui. Cheguei não faz cinco minutos em comparação ao tempo que o mundo está aí.

Até mais!

Ps. Se quiser saber sobre regras para a prática de sexo casual, basta clicar no link.

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários