O cachorro é o melhor amigo do homem? Nem sempre…

O cachorro é o melhor amigo do homem? Nem sempre…

Urso, estou num mato sem cachorro, você é meu último recurso. Sou casado há alguns anos, sempre fui um bom marido, acredito na fidelidade acima de tudo, sempre fiz tudo que ela me pediu e agora meu mundo caiu. Notei que minha mulher não estava muito aí para mim e que o sexo com ela era cada vez menos frequente, comecei a ficar desconfiado, resolvi investigar melhor. Coloquei uma daquelas câmeras pequenas e descobri que minha mulher está dando para o meu cachorro, um cocker! Ela passava algum tipo de geléia na perseguida para incitar o cachorro! Agora vem o pior, depois que a raiva passou comecei a ficar excitado com a cena. O que faço agora? Ednei

Olá Ednei, achei sua pergunta um tanto quanto diferente, para não dizer completamente doente, fique livre para escolher a denominação que melhor lhe convir. Quero apenas fazer uma ressalva, o senhor não está num mato sem cachorro… O seu mato, com toda certeza, tem um cachorro dentro! Sacou o trocadilho ou preciso desenhar? Zoofilia pura!

Ahhhh! Eu estava sentindo falta de uma perversão aqui no P.a.U. e a sua pergunta veio muito a calhar para animar o meu dia! Boa parte das perguntas que recebo nem precisariam ser feitas, bastaria usar o bom senso e pronto. Coisas como: “Urso, por que o cara não atende minhas ligações?”, “Sou um cretino. O que faço para que ela volte para mim?”e “Sei que ele está interessado, mas por que não chega junto?” enchem a paciência de qualquer um… Que saco, o cara não retorna porque não quer, ela não volta porque arrumou coisa melhor e, por fim, você está precisando de uma dose de humildade. Viu só como é fácil?

Resumo do caso: zoofilia, perversão e um marido muito louco

Voltando a questão do corno animal, vou tentar enumerar tudo o que aconteceu para não esquecer nada… O corno sempre foi um frouxo bom marido, ficou neurótico porque a mulher passou a regular a mixaria, deu uma de detetive particular, invadiu a privacidade da moça, descobriu que seu melhor amigo, no caso, um cachorro, comia sua mulher, viu o que não gostou, passou a gostar do que viu e agora está sem saída. Perversão é pouco! Hoje a resposta vai render…

De um lado tenho uma filha da p. que abusa do cachorro, de outro tenho um doente que se masturba vendo isso acontecer e no meio de tudo tem um animal que gosta de geléia… Essa porra dá um filme! Esse mundo está perdido mesmo, nem o melhor amigo do homem é de confiança!

De onde vem essa bagunça?

Para que eu não me perca, primeiro eu gostaria de saber qual motivo levou a sua santa esposa a escolher dar para um cão ao invés do senhor. Será que você não sabe mesmo fazer sexo ou ela é doente?

O sexo com animais, a Zoofilia, é aceito em algumas regiões, porém, em outras é considerado crime e abuso contra os bichinhos. Infelizmente junto com a pergunta não chegaram fotos da esposa, pois, dependendo do grau de degradação, eu acharia que é maldade pura. Já pensou no coitado do bicho tendo que comer uma mulher escrota?

Não desejo isso nem para os meus inimigos… Pensando bem, desejo sim, eles que casem com as mulheres mais fedidas e chatas do planeta e que vivam eternamente para sofrer com isso!

Eu, em seu lugar, ao invés de ficar satisfeito vendo o Cocker comer a minha mulher, iria querer saber onde é que tudo isso começou. Acredito que esse comportamento se encaixa perfeitamente na prateleira dos distúrbios sexuais, considero a Zoofilia condenável por mais que o bicho goste.

Sei que fora das grandes metrópoles, pelos interiores do mundão, os caras ficam sem acesso a mulherada e acabam abusando das vacas, cabritas e tudo mais que encontrarem pela frente. Putz, que esses caras não me levem a mal, mas acho melhor usar as mãos, puta negócio nojento esse de colocar a piroca em um animal!

Fiquei pensando nisso, como é que uma pessoa resolve ter a idéia de dar para o cachorro? Ela tava lá, um dia sem nada para fazer, passando geléia de morango no pão até que entra o cachorro e começa a lamber a mão da pessoa, fazendo com que ela tenha projeções mentais? Será que desde criança já rolava uma atração pelos cachorros de pelúcia? O fato é que é estranho, pelo menos, para mim.

Por pior que você seja como homem, tenho sérias dúvidas, não acredito que o fato de ser um mal fodedor pode ter levado sua esposa a essa prática. Afinal, ela já deve ter tido piores que você, eu acho…

A baixa qualidade aliada a falta de frequência também pode ser sido um motivo, mas todo mundo sabe que o sexo no casamento é cada vez menos frequente.

Aliás, relatos indicam que sexo após o casamento deveria ser chamado de eclipse dada a quantidade de vezes que acontece e ao número de fatores necessários para que ele aconteça. Junte tudo isso com os novos pacotes de televisão a cabo, com milhares de canais e sinal em alta definição e perceberá que sexo é aquilo que você fazia quando era jovem, mas que agora dá muito trabalho.

Me deu um pensamento perverso, como não tenho maiores informações, fiquei pensando em como o senhor não descobriu isso antes, eu sei que o corno é sempre o último a saber, mas o cachorro deveria deixar marcas na moça. Será que ela botava luvinhas nas patas do bicho para que ele não a arranhasse? Bizarro!

O que pode ser feito?

Mas, tudo bem, vamos encerrar as especulações sobre a cadela sua esposa e falar sobre o que o senhor poderia fazer! Darei cinco indicações, porque tudo é muito estranho para mim, mesmo sendo um Urso:

Nem Freud explica, mas vale a pena tentar

Sua mulher e o cachorro já valem uma visita a um psicólogo, mas o fato de você agora virar voyeur e se excitar vendo os dois tendo relações é passaporte carimbado! Já para o divã! Ela também está muito bem cotada para ir junto… Quanto ao dog, acho melhor não levar, será constragedor!

Corno mafioso

Sumir com o cão talvez seja a opção mais covarde, é como matar o amante da mulher ao invés de separar da vaca, mas caso você não possa fazer isso sugiro que doe o bicho para algum “amigo”, assim, sempre que você sentir saudade pode ir visitá-lo!

O grande tagarela

Uma conversa com a cidadã pode ter desdobramentos, depois de confrontada ela poderia te chamar para uma ménage, pedir a separação por vergonha ou então te jogar na cara que seu cão é mais homem que você. Sabe o que é pior? Ela pode estar certa.

Volte para a escola

Pode ser que você queira continuar com ela, eu não o condeno sua atitude apesar de te achar um trouxa, mas tudo bem, isso não é problema meu. Já que é assim, vê se aprende a foder direito! Vale algumas dicas de sexo oral que já publiquei.

Resista a tentação

Como todo ser que adentra a perversão, imagino que o senhor já está pensando no próximo passo, como comprar um dog alemão ou adotar um cavalo para sua casa. Recomendo mesmo que não faça isso, os dois fazem muita sujeira!

Até mais!

Conheça o novo blog do autor do Pergunte ao Urso

O Pergunte ao Urso não está mais sendo atualizado, mas seu autor começou outro blog que mistura crônicas com músicas brasileiras (MPB e Bossa Nova). O projeto leva o nome de "Naquela Mesa". Clique e conheça!

Comentários

comentários



Leia também


Pequeno bricalhão perde uma! E não é que o boi sonha com a ex? Confira essa você também!
Homem com mão no rostoEle além de ter pinto pequeno, é corno! Largou da mulher, mas não consegue esquecê-la. Urso separa os fatos e dá dicas para o boi manso. Leia mais

“Minha mulher recebeu 14 presentes do chefe em 2 meses, será que sou corno?”
corno_430Com toda sinceridade, recomendo não ler essa resposta. As evidências sobre a traição com o chefe no relacionamento me fizeram pegar pesado Leia mais

Está sendo traída ou o problema são as dívidas? O que fazer
Balança com o cifrao de um lado e uma casa do outroTodo casamento passa por problemas. A rotina e a falta de dinheiro pode ser determinante para que ele arrume uma amante? Saiba o que fazer Leia mais

Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )

Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários