Pai de aluguel? É o mundo pós-XUXA! A resposta mais difícil que dei até hoje!

Pai de aluguel? É o mundo pós-XUXA! A resposta mais difícil que dei até hoje!

Bom dia mestre Urso, tenho um relacionamento com uma garota há alguns anos, tivemos algo mais sério no passado, brigamos, depois de algum tempo voltamos a nos falar e hoje nosso relacionamento é mais informal, já discutimos sobre ter um relacionamento mais sério. Deixei bem claro que não tenho interesse, não estou enganando ela, somos muito amigos e de uns tempos para cá ela vem me pedindo que eu dê um filho para ela. Ela diz que não vai cobrar nada de mim, e como já tem 33 anos, está com medo que com o passar do tempo fique mais difícil engravidar. No primeiro momento a resposta é muito clara, a resposta é não, mas da forma que ela me pediu, sei lá, ultimamente eu fiquei meio em dúvida se de repente eu estaria sendo meio egoísta de não dar o que ela estava me pedindo, gostaria da sua ajuda. Desesperado

Caro leitor “Desesperado Szafir”, eu também fui fã da Xuxa, quando criança, mas isso não me comove…

Confesso que sua pergunta quase me deixou sem resposta, é uma das mais difíceis de responder em toda a existência do blog. Tentei me colocar no seu lugar e foi muito difícil tomar uma decisão, tentei então ficar no lugar da moça, mais difícil ainda. Parece aquele filme que não tem bandido e nem mocinho, todo mundo é culpado!

É mais um caso em que os dois têm razão, ao mesmo momento que nenhum tem. O problema maior é que, inevitavelmente, vocês haveriam de entrar em conflito e como o tempo é cruel com as mulheres, sua hora chegou.

Com tanto sentimento em jogo, acho que você deve separar seus objetivos da emoção. É difícil, eu sei… Bom, em sua cabeça já está claro que não quer nada sério, contudo, sinto lhe informar, filho não é objeto de consumo, você não vai à geladeira e, quando vê que acabou, vai até o supermercado e manda descer duas caixas…

Se você não quer ser pai, não tenha filhos! Regra simples! Isso resolve o seu lado, mas e o dela?

Se a pergunta tivesse sido feita por ela, eu a aconselharia, inútilmente, a procurar alguém que tem o mesmo objetivo que ela. Sabe o que me incomoda nas mulheres que querem casar e ter filhos?

O fato de que, em boa parte dos casos, o homem é um meio para a realização, não fazendo parte do final do sonho. Veja a diferença:

Caso 1

Quero casar numa sexta-feira que orvalhos gotejem sobre o teto de vidro da igreja, que deverá estar iluminado com centenas de velas vermelhas aromáticas para contrastar com o piso repleto de pétalas de rosas brancas e ter dois filhos, um se chamará Astolfo, porque é o nome do meu bisavô e uma menina que se chamará Deolinda, que é o nome na minha avó.

Caso 2

Quero me casar com você e, se assim acontecer, teremos os filhos que pudermos.

Percebeu a diferença? Eu gosto muito de uma música do Jota Quest – “Do seu lado”, que considero meu ideal:

No seu caso, caro Desesperado, nem preciso dizer a fria em que está se metendo. Eu também ficaria balançado, mas tomaria a decisão mais sábia, me trancaria em algum lugar até recompor minha estabilidade intelectual.

Sabe por que você não a deixou falando sozinha ainda? Já estou ouvindo algumas leitoras gritando “porque ele a ama e não pode deixar essa mulher!” e lá no fundo as vozes dos homens, de forma tímida, sussurrando “porque essa mulher deve ser uma coisa na cama!”. Pode ser até que os dois lados estejam certos…

Não deixe de me seguir no Twitter, clique aqui. Não sabe que raio de Twitter é esse? Então clique aqui e fique sabendo.

De forma mais prática, acho que você gosta muito da moça, tanto que ficou estremecido pelo pedido e, é claro, ela deve ser uma coisa também, contudo, você só não lhe mostrou a porta da rua por medo. Medo de quê?

Medo de não arrumar outra relação “sem culpa”, “sem cobrança”, “sem compromisso”. Você acreditou em “almoço grátis”… Isso não existe! Você achou que se deu bem, mas em um dado momento alguém pediu a conta!

Algumas leitoras podem até me jogar pedras, mas não farei média, eu nunca recomendaria ser um “pinto de aluguel”! Entendo que o sonho de ser mãe é uma coisa muito importante, porém, como crianças não nascem sem a participação de um pai, não considero como normal alguém pensar em “apenas” ter um filho. Coitada dessa criança! Já pensou na carga emocional a que será submetida? Juízo gente! As crianças da nova geração já têm problemas demais para resolver e não precisam de pais egocêntricos para piorar ainda mais suas vidas. Depois o cara cresce e vira alguém que quer comer até a sobrinha, lembra desse caso? Se não lembra, clique aqui.

Tem mais uma coisa que esqueci, ex-mulher é para sempre, a menos que você seja um membro da máfia ou de alguma facção criminosa… Essa foi podre!

Abraço do Urso

Conheça o novo blog do autor do Pergunte ao Urso

O Pergunte ao Urso não está mais sendo atualizado, mas seu autor começou outro blog que mistura crônicas com músicas brasileiras (MPB e Bossa Nova). O projeto leva o nome de "Naquela Mesa". Clique e conheça!

Comentários

comentários



Leia também


Leitora tem um caso com o ex-marido! Figurinha repetida completa álbum?
Selos de colecionadorSe separaram, ele casou com outra, ela ta solteira.. se reencontraram e agora tem um caso. Ela deve continuar? Depende, Urso dá as dicas! Leia mais

Spider-girl! Briga de aranhas na adolescência ou amizade mal compreendida?
Aranha dentro da calcinha de uma mulherEla tem uma amiga que vivem grudadas e está confusa se tem amizade ou amor. Tente outros relacionamentos, se ainda quiser... abra o jogo! Leia mais

36 anos e nada? Esse leite já virou iogurte! Leia as 10 dicas de aproximação para estabelecer uma conversa e sair do 0 a 0!
Homem de jaqueta olhando para baixoAos trinta e seis e ainda é virgem! E o pior diz nunca ter beijado... O Urso dá 10 dicas para você aproximar delas e perder logo o cabaço. Leia mais

Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )

Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários