Sogra ou cunhada? Quando o sofrimento ainda pode ser maior

Boa tarde, gostaria de sua opinião ou até conselho referente ao tesão que sinto pela sogra e cunhada. Não são mulheres que se possam morrer de tesão, são 2 mulheres normais , minha sogra 55 anos e cunhada 33 anos, morro de tesão pelas duas . Mas as duas se mostram sérias e conservadoras. Tenho medo de chegar e falar algo sobre o tesão que tenho nelas, mas não sei a reação delas e o que seria a consequência disso. Estou há 6 anos com minha esposa. Teria alguma estratégia que eu poderia tentar com qualquer uma das duas? Só sei que quero meter em uma das duas. Giovani
Caro Giovani, acredito que você deva estar sofrendo de algum distúrbio não identificado ainda pela ciência, isso acontece porque ela tem coisas mais importantes a fazer, como implantar orelhas em um rato ou testar o tal acelerador de partículas para ver se o mundo acaba e vai logo tudo para o inferno. Sogra ou cunhada? Nunca meterás!

Dependendo do ponto de vista já podemos acreditar que o inferno já está instalado, com todos os caldeirões e fogo por todos os lados. O que não falta nesse mundo é gente bizarra e, sinto-lhe dizer, você é uma delas. É sim! Nem adianta tentar argumentar… Um sujeito que tem tara na cunhada, dependendo de quem ela é, até considero como normal, agora ter tara pela sogra é doentio, nas duas então nem se fala.

Sei que as mulheres que leem o blog e que possuem uma irmã gostosa sentiram até um frio na barriga nesse momento. Provavelmente estão em uma das fases do modelo de Kübler-Ross, que estão na próxima página…

Modelo de Kübler-Ross:

  1. Negação e Isolamento: “Eu sou bem mais gostosa que ela.”
  2. Cólera (Raiva): “Por que eu tinha que ter uma irmã? Filha da p.!”
  3. Negociação: “Ele pode até olhar para ela, mas ela nunca aceitaria.”
  4. Depressão: “Ok, ele já falou uma ou duas vezes que ela é uma gracinha. /melhor aceitar os fatos.”
  5. Aceitação: “Se tudo der errado, arrumo outro namorado e não apresento mais!”

Existem situações que é melhor nem pensar no problema, garanto. Ninguém está livre de arrumar um namorado/marido tranqueira que dê uma espiadela na irmã, mas sujeito cara de pau como o Giovani ainda não tinha visto.

Não estou defendendo as mulheres, só acho, caro Giovani, que você está com algum pino frouxo. Em uma vida normal, nada relacionada a um universo paralelo e aquelas pirações de mundo maluco, posso te garantir que não há uma saída para o seu dilema.

Vou tentar pensar do modo prático, esquecendo a parte moral, para tentar lhe ajudar. Friamente, o que um homem que deseja a sogra e a cunha quer, além de ser capado ou ter uma morte lenta e dolorosa?

Quer arrumar para a cabeça! Só pode! Imagino que você adore a família da moça, só isso justifica querer continuar nela com tanta veemência. Ah, mas tem outra explicação, talvez você seja uma reencarnação de Adão… Agora vou dar um minuto para que os religiosos fervorosos me ofendam.

Pronto? Acabou? Que bom que posso continuar a “blasfemar”, digo isso porque qualquer coisa que não esteja de acordo com o tribunal de inquisição – versão digital – é considerado como blasfêmia. Caso você não seja um dos revoltados, pode continuar lendo.Para os que não entendem o porquê dos religiosos começarem a se debater, explico melhor. Acredito que a maioria pensou que fosse algo relacionado a Adão ter relações com familiares, mas não tem nada a ver com isso. A igreja que utiliza da Bíblia, aquele livrão que tem várias histórias bacanas contadas por pessoas que nunca vimos, não acredita em reencarnação, logo, Adão reencarnado não poderia acontecer.

Mas e a história de copular dentro da própria família? Isso não tem problema! Adão e Eva poderiam naturalmente perpetuar a espécie transando com seus descendentes. Se a teoria do criacionismo, aquela em que o Deus todo poderoso criou o mundo em seis dias e depois descansou, estiver certa, o mundo foi populacionado dessa forma. O que algum leitor mais pentelho deve estar pensando é que a igreja não permite isso. É claro que não, mas Adão e Eva eram muito anteriores a igreja e, provavelmente, se soubessem aonde esse barco levaria teriam queimado a porra da árvore com maça e cobra junto!

Voltemos a resposta, vamos elucidar algumas coisas:

  • Sogra não é feita para ser desejada, fazer isso é atentar contra as leis da natureza, temo que o universo entre em colapso que nem quase aconteceu quando o Superman quis voltar no tempo para salvar a namorada. A tentativa dele de fazer a terra ao contrário não funcionou…
  • Se cunhada fosse boa não começava com cu. Não adianta insistir, cunhada gostosa é a maçã do conto bíblico em uma nova roupagem e com mais atributos. Não vale a pena chegar perto. Se bem que… Nada, não vale! Homens que leem o blog, repitam isso como um mantra e salvem-se de problemas maiores.

Devo admitir que você deve ser muito corajoso ou muito “fora da casinha” para insistir nisso. Já tentou esportes radicais? Dão adrenalina também, sabia? Pode tentar coisas esquisitas típicas de ricos entediados. Algo como nadar com tubarões sem proteção ou escalar o Everest sozinho deve ser até mais seguro que propor algo para as mulheres de seus sonhos.

Não é que eu queira lhe desestimular, o que quero é salvar a sua vida, odeio perder leitores!

Neste blog já teve um caso verídico de um sujeito que chegou a engravidar as duas irmãs: “Se cunhada fosse bom, não começava com c! Gravidez dupla deixa leitor na maior roubada!“.

E sobre sogra também já houve quem quis no post: “Sogra mexe com a cabeça do leitor! O que posso dizer? Só lendo!

Sugiro que dê uma lida, mas acho realmente que o melhor a fazer é desencanar das duas e procurar outros problemas para resolver. Se estiver lhe faltando preocupações posso dividir algumas que tenho! Grande abraço!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários