Vale a pena assumir uma garota de programa? Será em dinheiro, cheque ou cartão?

Olá, tenho 22 anos, moro no Oriente Médio, Líbano, há dois anos. É meio difícil namorar porque são mulçumanas e tem essas regras de casar primeiro, então minha saída era freqüentar, uma vez por mês, boates de garotas de programa… Até que lá mesmo conheci uma mulher linda, 24 anos, de Marrocos. Pela segunda vez que saí me apaixonei totalmente, já sai com ela 4 vezes e ela não cobrou na última vez, levei ela para um tour na praia… Só que não sei o que dizer a ela, realmente estou amando.

Queria um conselho seu: o que eu deveria fazer e o que posso propor para ela? Tenho meu serviço, mas moro com minha mãe. (não pude colocar o nome do cidadão pq é impronunciável, sinto muito leitores).

Caro leitor abestado, você está me passando um atestado de estupidez ao fazer uma pergunta como essa, e como não está percebendo, vou enumerar os pontos chaves:

Mora com a mãe

Por mais que você ame a sua mãe e ela seja tudo para você, além de uma senhora boazinha que só faz tricô, acho que morar com a mãe é deprimente demais para um marmanjo.

Chá de perereca

Cidadão, o chá de perereca provoca confusão mental, é bem verdade, mas não é para tanto. Pelo que entendi você só está confuso, muito disso é pela falta de mercadoria, se para namorar tem que casar, isso é um caso sério mesmo.

Amando

Eu entendo uma paixão repentina, sou daqueles sujeitos que basta um sorriso para que eu me apaixone, porém falar que está amando uma mulher depois de apenas quatro encontros é um pouco demais. O senhor está amando sim, mas não desse jeito que pensa, está à mando do seu pau!

Ruim de matemática

O senhor desconhece as leis universais das relações, tem uma que diz “enquanto o sexo é pago, sai barato, depois que parar de pagar, será caro para caramba”. O que o senhor está fazendo, sem se dar conta, é trocar o pagamento à vista pelo carnê do crediário. Óbvio que os juros estão embutidos! É a metade da diversão pelo dobro do preço e não aceita troca. Enquanto ela está vendendo no avulso, ela precisa conquistar o cliente todo dia, depois que passar para a assinatura mensal, aí a coisa desanda…

Deu para entender agora?

Não tenho nada contra a garota ser de programa, prefiro-as às biscates. Para ficar claro, para mim, biscate é aquela mulher que sai com alguém por motivos peculiares, como quando o sujeito tem garbo e elegância. Troque a palavra “garbo” por “carro importado” e “elegância” por “cartão de crédito sem limite”. Não é só isso que pode atrair uma biscate, poder e fama também são muito utilizados como moeda de troca.

Nisso as putas são mais sinceras, cobram em grana. Relação 100% transparente. Você entra com o dinheiro e elas com o fundo de investimento.

E prostitutas pode ser biscates? Podem sim senhor! Algumas podem realmente se interessar por você e querer ser a melhor mulher do mundo, são mulheres e muito carentes. No entanto, outras podem deixar de cobrar como artifício para arrancar ainda mais do coitado que acredita nelas. Se você souber diferenciar uma da outra, diga-me como…

Já tentei me relacionar com putas, estava meio de saco cheio de envolvimento e resolvi ir para o pesque e pague. Queria a diversão sem o comprometimento. Deu errado, em pouco tempo a garota passou a ser minha “namorada”, eu fazia questão de pagar e a moça não entendia. O pagamento, para mim, era uma espécie de salvo conduto… Ela é, foi uma das mulheres mais exuberantes que conheci e antes que eu acabasse entrando num mundo do qual não quero fazer parte, preferi chamar o garçom e pedir a conta.

Por amor, tudo é possível, até ficar retardado como o senhor está, mas, preste atenção, deixe a relação, se é que posso chamá-la assim, se afirmar. Não diga o que sente até lá. Muitas mulheres não entendem isso e ficam assustadas.

Abraço do Urso

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários