Viva a sociedade alternativa! Será que eu e você estamos prontos? Não leia a resposta de hoje, é melhor assim.

Prezadíssimo Urso, minha namorada e eu estamos juntos a 1 ano, e eu amo ela demais, acredito que ela seja realmente ótima para mim. Ela era virgem quando começamos a namorar e ainda hoje é, (ela tem 20 anos e eu 19) o que para mim não é um problema. O problema para mim está no seu conservadorismo. Ela é muito quieta reservada, de família tradicional mineira, e eu sou de uma ultra-liberal paulistana (minha mãe ainda quer que eu me torne gay). Eu realmente queria uma namorada muito safada, gosto da idéia de ser sexualmente submisso, e até de a deixar transar com outros homens, claro que com o tempo… 

Gostaria de saber sua opinião em relação a isso: você acredita que uma mulher que cresceu num contexto tão conservador pode ser sexualmente mais liberal? Como faço para introduzir estas idéias a ela, especialmente a (extrema) submissão e tudo que advém dela? Como acha que ela levaria este choque? Sodoma

Caros ursolinos e ursoletes, não sei como vou conseguir conviver em uma sociedade convencional depois de responder algumas perguntas que recebo e essa não foge a regra.

Caramba! Que mundo underground pervertido que nos encontramos? Fico pensando no que virá depois…

Sodoma, você é muito doido cara! Estou tentando me recompor para não parecer conservador, eu me achava perverso no âmbito sexual, mas o senhor está recompondo meus valores. Se eu não fizer isso vou te julgar, coisa que não gosto. Só um segundo, preciso respirar…

Pronto! Pois não? Qual é mesmo o problema? Ah, sim, um jovem que quer ser dominado ao extremo, colocar sua mulher para fazer farra com os outros e não sabe como começar… Não podemos esquecer que a moça ainda é virgem, mas isso é um pequeno detalhe.

Sodoma, preciso te falar uma coisa, existem muitas mulheres mundo afora! Com certeza você encontrará uma mais adequada às suas intenções. Essa atual vai dar muito trabalho e talvez acabe não produzindo o que sua mente “ultra mega super hiper liberal” está pensando.

Certas atitudes são como se jogar do penhasco, não há volta!

Se você quiser insistir, a coisa toda deve demorar um pouco, talvez até alguns anos. Não se muda a personalidade de alguém assim, se é que se muda, nem eu acredito nisso, acho que as pessoas se revelam, mas o que aparece sempre esteve lá, incubado, só esperando a hora de sair da caixa.

Antes de qualquer coisa, a moça precisa deixar de ser virgem, por favor, sem grandes invenções nessa hora, ok? Deixe pelo menos ela ter um inicio de carreira normal, sem tapas, chicotes, vibradores de cinqüenta centímetros ou gotas de vela derretida. Seja cavalheiro.

Como a moça tem perfil tradicional, você vai ter que ir aos poucos, fale algo que gosta devagar, em pequenas partes, não vá chegando logo de cara falando que você gosta de ser sodomizado ou entregar um strap-on para a garota. Para os lentos, strap-on é um cinto que tem um pinto de borracha acoplado para ser usado por mulheres em outras mulheres ou meliantes que não têm pena do rabo!

Depois de algum tempo, comece a levar pornografia para ela ver, relacionado as coisas que você gosta. Não espere excitação por parte dela, isso até poderá ocorrer, mas não é comum. Porém ela deve começar a achar você um pouco mais normal.

O Swing é mais complicado, faça visitas aos locais de encontro, mas saia de casa combinado para não se arrepender depois, ok? Quem sabe a moça se anima?

Outra coisa é você e ela se enturmarem com pessoas que curtam as mesmas coisas, acho que isso ajuda muito. O ser humano é referencial, portanto, se estiver todo mundo na maior suruba, nus, na maior farra, não dá dez minutos e lá está você procurando onde colocar as roupas.

Esteja pronto para ouvir “não” várias vezes, portanto nada de ficar bravinho, o senhor não está pedindo para que seu café seja com leite, mas sim que alguém jogue seus dogmas pela janela. Sua tara, fetiche, modo de vida não devem ser repudiadas, porém ninguém é obrigado a aceitá-las.

Grande abraço, por favor, mande fotos da moça!!! Se tem um irmão querendo dividir o pão, deve ser bem recebido!

Comentários

comentários



Comentários

Powered by Facebook Comments

Se cadastre para receber as atualizações por e-mail

* indicates required



/

( dd / mm )


Sexo e relacionamento – Frequência dos e-mails

Carreira e cotidiano – Frequência dos e-mails

Comportamento – Frequência dos e-mails

Educação e saúde – Frequência dos e-mails

Política e religião – Frequência dos e-mails

Comunicados oficiais – Frequência dos e-mails

Presença Online – Frequência dos e-mails


Comentários

comentários